Coluna Circulando e a política atual.

Mesa diretora.

Ana Maria Leal
Novembro 23/ 2020

Dizem que estão evoluindo as reuniões sobre a composição da mesa diretora da câmara de vereadores de Carazinho para o ano de 2021.

Evoluindo nos bastidores.

Quem sabe estão tratando também dos outros anos (2022, 2023 e 2024).

Nada é falado abertamente.

Dos novos eleitos, e reeleitos, os convidados para essas negociações são os representantes do PP, MDB e PSB, como contaram no Lado a Lado, respectivamente, Alécio Sella, Tenente Costa, Márcio Guarapa, Vanderlei Lopes e Estevão De Loreno.

Apenas um ou outro vereador fala sobre o assunto.

Vanderlei Lopes, por exemplo, disse na Rádio Gazeta sexta-feira (20) que foi convidado, mas não informou quem organizou.

Apenas, que foi ''a base'' do governo municipal.

Eleitos pelo PDT e PSDB, respectivamente Bruno Berté, Valdoir Lima, Adriel Machado e Fábio Zanetti, também no Lado a Lado na semana passada, contaram que não foram convidados.

Será que teremos uma única chapa para concorrer à mesa diretora?

A base do governo, a partir desses partidos que estão discutindo quem conduzirá a câmara na próxima legislatura, tem maioria.

Considerando esses partidos (PP, MDB e PSB), são 8 vereadores: quatro do MDB, dois do PP, dois do PSB.

Os demais eleitos, e pelo que se percebe, deixados de fora desse ''momento de planejamento futuro'' são cinco: três do PSDB, um do PDT e um do PRTB.

Aliás, há rumores nos bastidores de que o ano poderá mesmo terminar com mudanças na composição do legislativo. 




(Imagem meramente ilustrativa: www.lojasmel.com/ Panela N.16 Black - Fortaleza)

 

Compartilhe esta coluna em suas redes sociais