Coluna Circulando e a política atual.

Como no vestibular.

Ana Maria Leal
Novembro 08/ 2020

Deu o que falar a ausência do candidato do Partido dos Trabalhadores no programa Tribuna Livre do sábado (07) na Gazeta.

Não pelo fato em si, já que não foi o único ausente.

Paulo Silva, do Republicanos, também não compareceu, mas seu partido havia encaminhado correspondência já divulgada aqui informando a ausência antecipadamente.

No caso de Luis Alberto Godinho, o motivo da sua ausência foi o atraso.

Para clarear quem não está a par e queira compreender o assunto, saber o que motivou a reclamação do PT, vamos lá:

No dia 24 de setembro, às 14h, foi realizada uma reunião para a qual foram convidados representantes dos partidos e coligações a fim de apresentar a programação voltada às eleições 2020.

Todos tiveram a oportunidade de ler com a coordenação de jornalismo e direção da empresa, respectivamente jornalista Emilio Arruda e diretora Karine Albuquerque Gai,  o documento intitulado REGRAS GERAIS PARA REALIZAÇÃO DE DEBATES E PROGRAMAS ELEITORAIS NA RÁDIO GAZETA AM.

E tirar dúvidas.

Lá consta na regra 03, na primeira página, a orientação sobre o horário:

 


O Partido dos Trabalhadores esteve representado por Paulo Schettert, vice na chapa com Godinho. E dele a assinatura que aparece nessa imagem.


 


O candidato chegou atrasado no sábado, como ele mesmo admitiu.

Por isso não participou.

Os demais já estavam em suas cadeiras prontos para participar do programa e responder os questionamentos enviados pelos ouvintes.

Não houve por parte da Gazeta uma atitude proposital para impedir sua participação.

Apenas foi cumprida uma regra que havia sido deixada ciente a todos, há quase dois meses.

Simples assim.

Compreendo a frustração de Godinho, que deve ser parecida com a de um vestibulando quando perde a hora da prova do vestibular, por exemplo, e dá de cara com portas fechadas.

Não foi o que aconteceu aqui.

Encontrou as portas abertas, foi recebido pelo coordenador de jornalismo Emilio e pela diretora Karine, que informaram sobre a aplicação da regra.

Naquele momento o programa ao vivo para o qual havia sido convidado já estava entrando no ar.

Fica a dica: a última agenda com os candidatos na Gazeta é nesta quinta, dia 12/11, e o limite para estar na emissora, aos que quiserem participar, é às 8h15. 

A imagem, meramente ilustrativa, é do hall de entrada do Grupo Gazeta



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais