Coluna Circulando e a política atual.

O alvo da vez.

Ana Maria Leal
Junho 12/ 2020

O presidente da câmara de vereadores de Carazinho falou hoje no Lado a Lado sobre ter tido seu nome envolvido numa notícia falsa que circulou velozmente pelo wattsApp neste feriado (11).

Nem poderia ser diferente.

Afinal, o nome de Gian Pedroso foi usado para cadastro no auxílio emergencial do governo federal.

Por ser vereador, tendo outras fontes de renda além desta, devido aos outros ramos que atua, naturalmente não teria direito em buscar o recurso que foi criado para socorrer pessoas em situação de, por exemplo, desemprego, nesse período de pandemia.

Seria uma afronta a tantas pessoas que estão passando fome nesse momento por perder suas fontes de renda, seus trabalhos.

Por isso, aqueles que acessaram a lista disponível através do Portal da Transparência para saber quem foram os inscritos em Carazinho, questionou a presença do seu nome lá.

Não só questionou como julgou o comportamento do vereador.

Quando soube dos comentários nos grupos de wattsApp Gian saiu em busca de apurar o que havia ocorrido e esclarecer o episódio.

Descobriu que não se tratava de uma pessoa homônima, isto é, com o seu mesmo nome, mas um perfil criado com seu nome e outro CPF, pois, segundo ele, foi constatado que não existe alguém com o mesmo nome e aquele CPF informado.

Fez uma publicação a respeito nas redes sociais e registrou boletim de ocorrência policial.

Acredita que o cadastro tenha sido propositadamente criado para expor seu nome causando uma reação negativa - e foi o que aconteceu.

O motivo, suspeita, é atingir sua imagem em ano eleitoral.

De qualquer forma, quem dedicou tempo para isso - criar um cadastro de outra pessoa - mesmo sabendo que se tratando de uma notícia falsa não demoraria a ser desmentida, conseguiu uma gigantesca repercussão, - durante algumas horas.

O que dá uma amostra do que está por vir.

Afinal, a campanha para as eleições municipais de 2020, propriamente dita, e nos termos da lei, nem começou.

Tal lista, aliás, continua dando o que falar na cidade, com muitos indignados afirmando que nela estão inúmeros nomes que poderiam é estar auxiliando, em ver de querer ser auxiliados neste momento.



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais