Coluna Circulando e a política atual.

Sem aumento.

Ana Maria Leal
Junho 09/ 2020

O presidente da câmara de vereadores de Carazinho, Gian Pedroso (PSB) em entrevista para a Rádio Gazeta nesta terça-feira (09), disse que já está sendo discutido internamente, entre todos os vereadores, o projeto do subsídio que será pago aos vereadores que assumirão em 2021, após as eleições municipais deste ano.

São valores sempre definidos de uma legislatura para a outra.

Esse, então, é o momento de tomar a decisão.

A princípio, ele disse que não será proposto aumento.

Porém, há quem diga que existe a possibilidade de esses vencimentos (dos legisladores) serem incluídos na lei que o governo federal pretende aprovar congelando salários dos servidores públicos.

Há diferentes interpretações a respeito.

De que, por exemplo, o legislativo mantenha sua autonomia, para aumentar.

Ou, diminuir esses valores.

Enquanto isso não ocorre, a discussão acontece em cada casa legislativa.

Conforme Gian a ideia é ''dar celeridade'' ao projeto, que deve ser assinado nesta semana pela mesa diretora, podendo ser lido em plenário na sessão da próxima segunda-feira, dia 15, e seguir o trâmite interno normal, passando pelas comissões, até que possa ser votado em plenário.

Conforme consulta hoje no Portal da Transparência esses valores são, atualmente, de R$ 5.953,62 para os 12 vereadores e R$ 8.335,06 para o presidente.




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais