Coluna Circulando e a política atual.

Palhaçada?

Ana Maria Leal
Maio 26/ 2020

Se era para preservar a imagem dos vereadores, evitar polêmicas e discussões, tinha razão quem preferia sessão pelo WattsApp... 

Nesta segunda-feira (25) teve vereador que chamou o colega de palhaço...

Talvez tenha sido o cansaço, já que a sessão da câmara foi longa.

Começou por volta de 18h30min e terminou pouco antes da meia-noite.

O fato é que o presidente Gian Pedroso (PSB) em vários momentos se impôs para que regras fossem seguidas quanto à participação dos vereadores que queriam questionar os convidados da noite, principalmente Gilvane Pedrolo, coordenador do Procon, e o secretário de Desenvolvimento Charles Setti, acompanhado do representante da Stacione, Vinicius Vanzin, empresa que assumiu o estacionamento rotativo pago na cidade.

O presidente Já havia alertado Alaor Tomaz (PDT):

''Cadê a ordem, pessoal? vereador coloca as perguntas, e qualquer coisa pode seguir lá na Stacione, no escritório, tirar as dúvidas lá''.

Deixou Alaor perguntar, e, na sequência, foi a vez de Estevão De Loreno (PSB), que fez a pergunta, e após a resposta, queria continuar perguntando.

Gian advertiu: ''já fez a colocação, agora tem que esperar a resposta, é que nem eu disse, é para um é para todos''. 

Passou a vez (a outro vereador).

Márcio Hoppen, Guarapa (MDB), era o seguinte. 

Parabenizou o presidente pela ''austeridade'' na condução da sessão.

Mas, De Loreno não deve ter gostado da atitude do presidente, pois, enquanto Guarapa usava sua vez de falar, o peesebista reclamou, ao seu lado, na bancada, mas tomando o cuidado de não usar o microfone, de modo que ''seu palavreado'' não ficou gravado.

Porém, o que disse foi audível para muitos.

Quem estava perto diz que ele acusou Gian de estar fazendo ''uma palhaçada''.

Gian ouviu, reagiu, no microfone, interrompendo Guarapa, se dirigindo a De Loreno: ''O que é isso? vou suspender a sessão, que é isso? bagunça é o que você tá fazendo agora, respeita o vereador que tá falando, já passou rua vez!''.

Nos bastidores, dizem que isso nada mais é do que a estratégia de De Loreno para ganhar a preferência no partido - seu e de Gian , o PSB - para ser o vice do prefeito Milton,  desestabilizando publicamente Gian, na esperança de torná-lo menos interessante na hora dessa escolha.

Se a disputa no próprio partido pela posição de vice está nesse ponto, como será para desbancar os outros possíveis vices?
Ah, as imagens são de arquivo, pois todos estavam usando máscara durante a sessão. 









Compartilhe esta coluna em suas redes sociais