Coluna Circulando e a política atual.

Bastidores.

Ana Maria Leal
Maio 20/ 2020

Teve quem duvidou que o retorno de Ermógenes Bodanese a Carazinho tivesse como única razão acompanhar o nascimento do (a) neto (a).

Pois eu fui informada que ele está à frente de uma comissão recentemente formada para conduzir a campanha de reeleição do prefeito Milton.

Essa escolha ocorreu porque há, entre muitos emedebistas, crença de que ele é o nome certo para assumir o comando dessa tarefa.

A comissão tem, ainda, os emedebistas Denise Caetano, João Hartmann, o peesebista Lori Luis Bolesina, e Vinícius Moreira, cuja agência de publicidade atuou na campanha de 2016, e na qual foram eleitos Milton e Fernando.

Posso ter esquecido algum nome dessa equipe formada.

Enfim.

Segundo análise de um interlocutor com conhecimento no assunto, com a entrada de Bodanese no jogo cresce o segmento político da família Guerra.

Consequentemente, do vereador Márcio Hoppen (Guarapa).

Guarapa tem vontade de estar como vice numa chapa pura do MDB.

Não me informaram a posição do presidente do partido nessa empreitada.

Porém, há no próprio núcleo governista quem tenha suas restrições ao 'modus operandi' de Jorge Dutra, e por isso estaria sendo, sutilmente, deixado de lado das futuras decisões da campanha a ser abraçada. 

A foto da coluna é meramente ilustrativa, e fiz na convenção do MDB em 2017.





Compartilhe esta coluna em suas redes sociais