Coluna dos apaixonados pelo Colorado.

Alívio e início de ano

Anderson Amaral
Fevereiro 29/ 2020

Passado o Carnaval, que na verdade em nosso Estado é apenas um feriadão prolongado, pois sequer desfiles de rua ocorrem no interior e até na Capital, o ano de 2020 se inicia oficialmente, inclusive no futebol.

A quarta feira de cinzas nos reservou uma noite de tensão, nervosismo e ansiedade. Vários fatores estavam presentes no jogo contra o Tolima, pois além do valor financeiro, permanecia no ar  o temor de ficar fora da disputa da fase de grupos da Libertadores da América.

O jogo, principalmente no segundo tempo, foi literalmente de “roer as unhas”, pois após a expulsão de nosso capitão D`Alessandro, eventual empate nos tiraria da Libertadores, devido ao gol qualificado.

Os minutos não passavam e o time, bravamente se defendia e até criou oportunidades de gol, em dois lances desperdiçados pelo nosso goleador Guerrero.

O apito final nos trouxe o alívio e a certeza de o ano nos reserva várias noites de torcida e apreensão. 

Já na próxima semana se inicia a fase de grupos da Libertadores da América, inclusive com inéditos dois Grenais, o primeiro na Arena e o segundo em nosso reduto. 

É uma chave muito complicada, onde somente dois passam para a próxima fase, sendo obrigatória a vitória nos jogos no Beira Rio e buscar pontos nos jogos na casa dos adversários. Esta é a matemática mais simples antes do início da fase, pois somente com o andar da competição é que cálculos mais exatos terão que ser efetuados.

Mas uma certeza se extrai das últimas apresentações, a de que o treinador terá que se render às críticas da torcida e imprensa, não iniciando os jogos com a formação que insiste em colocar em campo, tirando um dos dois volantes, Musto ou Lindoso, e colocando jogadores rápidos no ataque, que venham a municiar nosso atacante Guerrero.

Outra situação que temos que corrigir é a de evitar as suspensões por cartões, pois nos últimos jogos ocorreram expulsões em pleno andamento dos jogos, prejudicando o esquema de jogo e sobrecarregando os atletas.

De qualquer forma, o objetivo maior foi alcançado, e já na próxima terça feira iniciaremos a jornada rumo ao Tri Campeonato da Libertadores.      

Sonhar faz bem à saúde e não tem custo. 

Assim seja.

Grande abraço.

Coluna Colorada E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais