Coluna Circulando e a política atual.

Definição.

Ana Maria Leal
Janeiro 13/ 2020

O PSB de Carazinho terá que definir em breve a direção da executiva municipal.

O atual presidente, Felipe Sálvia, me disse nesta segunda-feira (13) que não pretende permanecer na função.

Um dos motivos é que vai concorrer a vereador em outubro.

Outro: ''pouca gente para ajudar''.

Diz que estar na presidência de um partido dá muito trabalho, e se sente ''muito sozinho'' no PSB.

''Partido é coisa séria, não só pra concorrer e ganhar eleição, sozinho eu não faço nada, gente, se não me ajudarem''.

A orientação do PSB/RS é de que essa escolha ocorra ainda em janeiro, mas o prazo vai até março.

Uma reunião do PSB local será realizada nos próximos dias para tratar a respeito.

Felipe diz que a tendência é de que Antônio Elói dos Santos, o Boca, -cuja foto separei e aparece à direita-, seja o próximo presidente.

Quanto a montagem da nominata para concorrer ao legislativo, diz que já está sendo encaminhada e terá 40% de políticos que concorreram pelo PSB em 2016.

A dificuldade, diz Felipe, é com os nomes femininos.



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais