Coluna Circulando e a política atual.

Muito cedo.

Ana Maria Leal
Dezembro 03/ 2019

Na semana passada eu contei aqui sobre pesquisa realizada em Carazinho e Albano Kayser me procurou fazendo algumas colocações a respeito, que, como comentei com ele, iria compartilhar com vocês, pois é a abordagem de pessoa experiente no meio político:

''Boa tarde, Ana Maria! Aqui é o Albano. Como um assíduo leitor de sua coluna, e ao mesmo tempo um cidadão que reconhece o seu trabalho, li hoje a sua postagem sobre pesquisas. Inicialmente, com alguma experiência sobre as últimas campanhas municipais, as quais tive presença, gostaria de colocar o meu ponto de vista.

1. Como você mesmo descreveu, ainda estamos a um ano da próxima eleição.

2. Pelo meu conhecimento, nenhum partido têm "valores" para contratar tal pesquisa.

3. Sendo que algum partido, ou alguém que queira usar seu nome para balão de ensaio, na minha opinião está se enganando, pois é muito cedo, e nomes cada dia estão florescendo para testarem seu carisma junto à comunidade.

4. Qualquer administração que seja eleita, independente de coligações, é eleita para o mandato de quatro anos, portanto, quem a elegeu está esperando um trabalho para quatro anos.

5. Entendo que a política inicia bem antes de um futuro pleito, mas, já? Tendo uma pesquisa para esse foco, na minha mera opinião, ou é alguém que esteja com algum receio, ou alguém que esteja com bastante dinheiro para gastar em pesquisas nesta época, ou realmente é um balão de ensaio para ver a situação atual.

6. E encerrando: o que vale mesmo é o nosso povo que vai decidir com seu voto, não agora, mas sim lá na frente, vendo as condições de quem já foi ou é administração. Portanto, pesquisas hoje em dia não valem nada. Só uma mera opinião. Forte abraço, Albano''.




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais