Apaixonados pelo Colorado

VAR não é desculpa

Anderson Amaral
Outubro 07/ 2019

Com certeza nosso colorado foi prejudicado pela decisão do VAR, no jogo contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. O atacante mineiro de forma clara “mergulhou” na área, provocando a chamada do VAR ao árbitro, que posteriormente veio a confirmar o pênalti. A cena criada pelo ataque cruzeirense demonstra que o árbitro de vídeo, ao invés de diminuir as dúvidas, está causando uma série de controvérsias, tornando o futebol um esporte da dúvida, incerteza e desconfiança. Nenhum jogador de agora em diante pode comemorar naturalmente um gol, mas sim somente após intermináveis minutos.

Esperamos que tal ferramenta venha acrescentar qualidade nas decisões no futebol, o que, até agora, não ocorreu.

Mas, não podemos tapar o sol com um peneira e querer afirmar que o empate no jogo de ontem teve como culpa exclusiva o VAR.

Nosso time após o gol de Nonato, de novo, voltou a recuar, tomando uma postura defensiva, denominada popularmente de “chama derrota”.

Vários e vários foram os jogos que após marcar gol o time abandona as investidas no ataque, recuando as linhas de marcação para o campo próprio, ficando na expectativa apenas de contra ataques ou algum lance em bola cruzada.

Tal forma de atuar passa pelas decisões do treinador, o qual tem montado o time avassalador até o primeiro gol, mas acuado defensivo após isso, se tornando presa fácil para os adversários. Para quem está assistindo os jogos passa a certeza de que logo o empate vai ocorrer e até a virada do placar pelo oponente.

Está na hora do treinador mudar sua forma de jogar ou até o Internacional buscar outro comandante, pois fica muito simples culpar os maus resultados nas decisões da arbitragem, ao invés de corrigir os erros na forma de atuação.

O atual líder do campeonato e virtual campeão, Flamengo, tem demonstrado a forma correta de atuar, sempre na busca do gol e não aquela troca de bolas na defesa e o recuo integral do time.

Falta também uma cobrança mais forte da direção em relação as atuações do time, pois o Internacional possui jogadores que podem atuar de outra forma, não simplesmente coadjuvantes em campeonatos.

Oxalá possamos iniciar uma arrancada com vitórias no campeonato visando as primeiras quatro posições no campeonato, garantindo vaga direta na fase de grupos da Libertadores, parando de se esquivar apenas em erros de arbitragem, os quais, nunca acabarão.

Que assim seja.

Grande abraço.



(Foto: Divulgação/Inter)




E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais