Coluna Circulando e a política atual.

Muita articulação.

Ana Maria Leal
Agosto 30/ 2019

Conversando nesta semana com uma pessoa com grande experiência no meio político a respeito das eleições 2020, me fez ver o quanto o emedebista Márcio Hoppen, o Guarapa, está se dando bem nos bastidores articulando para ter um bom desempenho nas urnas.

A tendência é de que busque a reeleição.

A análise era a respeito de como o vereador fez seus movimentos para garantir poder sobre uma das secretarias de maior abrangência da comunidade.

Trata-se da secretaria municipal de Educação e Cultura.

Guarapa desde o início da gestão queria colocar lá sua indicação, Lucio Martins Pinto, mas a escolha do prefeito foi pelo nome de Sandra Citolin.

Depois, com a perda dela, ele tentou novamente, e novamente a decisão recaiu sobre outro nome, desta vez, de Lucas Lopes.

Porém, sempre com o monitoramento de Guarapa, que finalmente conseguiu alguém da sua proximidade na função.

No caso, Sandra Bandeira Guerra, esposa de Josélio Guerra, o Déio, familiar de Guarapa.

De quebra, conseguiu colocar como adjunto no setor, quem?

Lucio Martins Pinto, que estava coordenador da biblioteca pública municipal Dr. Guilherme Schutz Filho.

Agora ele tem ao seu lado a estrutura da secretaria, e o apoio incondicional de Lucio, que, pelo que ele mesmo me disse, quando nos encontramos há uma semana na convenção emedebista, não vai concorrer a vereador.

Deverá, naturalmente, ser mais uma pessoa a ajudar na campanha de Guarapa.

Na guerra pelo voto, cada um luta com as armas que tem.



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais