Coluna dos apaixonados pelo Colorado

Ausências importantes

Anderson Amaral
Agosto 05/ 2019

Após a classificação para as quartas de finais da Libertadores, as atenções se voltam para a Copa do Brasil, na próxima quarta feira, contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

O Nacional do Uruguai se mostrou um time limitado, amplamente dominado pelo colorado, demonstrando a evolução da equipe, principalmente nos jogos no Beira Rio.

Mas, para o próximo jogo, as ausências de D`Alessandro, Rodrigo Dourado e talvez Rodrigo Lindoso, tornarão a disputa mais acirrada contra o Cruzeiro, no Mineirão, devendo o  treinador  encontrar jogadores com características ao menos parecidas com os titulares.

Será uma partida extremamente difícil, pois o Cruzeiro foi eliminado na Copa Libertadores da América, tendo concentrado suas atenções para a Copa do Brasil, precisando do resultado em seus domínios.

Para nós colorados resta a esperança, novamente, de um resultado possível de ser revertido em Porto Alegre, cujo jogo será somente em setembro.

O empate e até uma derrota por placar simples, possibilitarão buscar a classificação no Beira Rio, assim como aconteceu contra o Palmeiras.

Novamente será uma quarta-feira de nervos à flor da pele e de esperança em uma vitória, resultado este que está muito difícil de ocorrer no campo dos adversários.

E isso novamente aconteceu, no sábado, com a derrota para o Fluminense, jogando com os reservas. Esta derrota deve ser atribuída ao técnico Odair, que já no intervalo, quando o jogo ainda estava empatado, deveria ter colocado D`Alessandro e Edenilson, o que veio ocorrer somente na parte final do segundo tempo.            

A formação que iniciou o jogo se mostrou vulnerável e não confiável, a ponto do segundo gol ser marcado pela trapalhada da zaga.                        

Portanto, torçamos para que o treinador encontre uma formação que possa enfrentar o Cruzeiro, não se utilizando apenas do jogo da espera e do contra ataque, ao contrário, propondo as jogadas de ataque, pois afinal de contas temos o goleador Guerrero, aguardando lançamentos e o passe para que possa completar e finalizar em gol.

Que assim seja.

Grande abraço.


(Foto: Divulgação/Inter)




E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais