Coluna Circulando e a política atual.

Potencial ignorado.

Ana Maria Leal
Julho 30/ 2019

Conversando com uma figura política nesta semana me chamou a atenção para um fator: pode ocorrer aos partidos de não investir ou notar potencialidades que estejam nas próprias fileiras deixando passar oportunidades valiosas para importantes composições partidárias.

E neste exemplo específico, falando sobre política local, evidentemente, me apontou o Partido Progressista.

Por várias observações me fez ver que a sigla tem se debruçado sobre vários nomes, todos masculinos, como foco na nominata majoritária para as eleições do ano que vem, principalmente especulando para a posição de vice do MDB, mas deixa de ver uma força feminina que se destaca não apenas na atual gestão, mas em outra anteriormente em que ocupou igual função.

Trata-se de Anelise Almeida.

Filiada ao PP e atual secretária municipal de Saúde, é alguém que aceita desafios por onde passa com coragem e disposição e expôs esse perfil publicamente ao falar de sua trajetória durante evento da ACIC no início de julho.

Não costuma recusar convites, pelo menos sempre que até agora foi lembrada para algum cargo chave na sua profissão.

Aliás, perguntei a ela durante entrevista semanas atrás na Rádio Gazeta se aceitaria estar numa majoritária em 2020 e preferiu não se comprometer, diplomaticamente, respondendo que nunca pensou sobre isso.

E se for convidada?

Ou melhor, haveria esse convite por parte do seu partido?

Também me fizeram ver que ainda há um machismo muito enraizado em todos os partidos que impede suas cúpulas de permitirem essa participação feminina.

Aquilo que já mencionei antes sobre o espaço para elas ser o meramente obrigatório e de forma que não pretendam ''se espalhar''.

Sem falar das vaidades em jogo e do ciúme que despertaria na parcela masculina progressista que hoje disputa, por exemplo, essa posição de vice do MDB.

Estariam esses homens prontos para dar espaço a uma mulher vice do prefeito Milton na sua busca a reeleição daqui a um ano?

Tenho minhas dúvidas. 


A foto do Circulando é da ACIC, e foi feita durante o Empodera Carazinho no dia 04 de julho. 



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais