Coluna Circulando e a política atual.

Nome local.

Ana Maria Leal
Julho 25/ 2019

Depois que eu publiquei ter ouvido de alguns emedebistas a vontade de ter novamente Ermógenes Bodanese presidindo o partido, houve reações.

Por exemplo, político da alta cúpula do partido me disse que não pode ser esquecido o trabalho realizado pelo correligionário no passado em ocasiões importantes para o MDB, mas que não é bem assim.

Segundo ele, se há quem pensa em tê-lo de volta, há quem defenda exatamente o contrário, que isso significaria admitir publicamente que o partido não tem nomes na cidade, hoje, com iguais condições de tocar as próximas eleições com êxito.

Simples assim.

Me disse que muitos ficaram incomodados pois é sabido internamente que não há muitos nomes dispostos a assumir a presidência e a data da convenção está chegando, daqui a um mês, em 24 de agosto.

As principais tendências entre os nomes locais são o secretário Dêninson da Costa e o vereador Márcio Hoppen, o Guarapa, atual vice-presidente do partido.

Mas não é descartado que o atual presidente Jorge Dutra permaneça na função. 

Vai pesar nessa decisão a vontade do prefeito Milton




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais