Coluna dos apaixonados pelo Colorado

Domínio no Beira Rio

Anderson Amaral
Maio 20/ 2019

O C.S.A., time alagoano, bem que tentou no início do jogo estragar os últimos resultados obtidos pelo Inter em seu estádio. Mas após intervenções precisas de Marcelo Lomba, o colorado tomou conta do jogo, obtendo a terceira vitória no Campeonato Brasileiro, todas no Beira Rio. 

Os destaques do jogo foram, além de Marcelo Lomba, os meios campistas Nonato e Edenilson, que além do bom futebol durante o jogo, foram os autores dos gols convertidos. O primeiro gol nasceu de um lançamento de craque de D`Alessandro, vindo a bola sobrar à feição para Nonato.

O segundo e mais bonito gol, também teve a participação de Nonato, que disputou a bola na risca da grande área adversária, tendo a bola sobrado  para Ednilson, que com muita felicidade, chutou com violência, sem chance para o goleiro do C.S.A. Lindo gol, comemorado muito, até porque naquele momento, o jogo estava apresentando pressão por parte do C.S.A.

Novamente o VAR anulou gol colorado, de cabeça do excelente zagueiro Victor Cuesta, pois num lance de interpretação, observou a presença do zagueiro Emerson Santos, que efetivamente estava adiantado, participando do lance na disputa da bola aérea. Essa nova sistemática causa a revolta imediata, mas que refaz a Justiça no jogo, o que passaria desapercebido em vários lances, caso não existisse o árbitro de vídeo.

Foi uma vitória de consolidação do time, passando para a 5ª posição no campeonato, mas distante 4 pontos do líder Palmeiras, o qual desponta como favorito ao título nestas primeiras 5 rodadas.

Passado o jogo, a partir de hoje o treinado tem que montar o time para o confronto contra o Paissandu, na quinta feira, pela Copa do Brasil. Vários desfalques o time tem como Dourado, Partrick, Moledo e Nico Lopez, por lesões.

Além destes, o setor de fisiologia poderá também intervir na escalação, caso algum jogador apresente déficit físico ou probabilidade de lesões.

Por mais que o Paissandu atualmente dispute a 3ª Divisão, o jogo não pode ser encarado como fácil, porque além dos desfalques já citados, o time colorado vem de sucessivos jogos decisivos, com elenco desgastado, devendo o treinador preservar alguns jogadores, até porque no domingo, o Inter tem jogo importante, contra o Santos, pelo Brasileirão.

Nesta hora é que o elenco tem que ser acionado, pois se mostra impossível os titulares jogarem de forma sucessiva no final e meio de semana, em jogos, todos, importantes e decisivos.

Tomara que Odair encontre a formação ideal para os próximos jogos, principalmente pela Copa do Brasil, para que se evite a necessidade de vitória no jogo de volta, em Belém do Pará.

Que assim seja

Grande abraço.



(Fonte: Divulgação/Inter)





E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais