Coluna dos apaixonados pelo Colorado

Vitória maiúscula

Anderson Amaral
Maio 13/ 2019

No domingo onde as atenções eram voltadas para as homenagens às mães, o Internacional deu um presente muito marcante a todos os colorados. É cada vez maior a presença de mulheres em jogos de futebol e ontem, no Beira Rio, não foi diferente. O que podia se ver era que várias famílias, independente da idade, comparecer, torcendo e vibrando com as jogadas e ao final voltar para suas casas alegres e radiantes.

Foi um jogo de dois times com potencial para almejar posições de destaque no Brasileirão, sempre buscando o ataque, especialmente no segundo tempo, quando várias oportunidades de gol aconteceram.

Vários jogadores se destacaram, dentre eles Nonato, mais uma vez se credenciando à titularidade; Moledo, demonstrando a segurança na zaga; Guerreiro, sempre presente nos lances agudos de ataque e D`Alessandro, que enquanto teve fôlego, organizou o meio campo.

A produção obtida no segundo tempo, onde o 3 a 1 se consolidou, demonstra que o time alcançou patamar de equilíbrio durante todo o jogo, pois nos primeiros jogos do ano, havia um declínio acentuado no segundo tempo, muitas vezes tendo o time sido derrotado.

O Cruzeiro, muito bem treinado por Mano Menezes, é um time de ponta, que certamente figurará entre os 6 melhores do Brasil, mas que infelizmente, contou com um atleta que demonstrou total desequilíbrio emocional, para não se dizer criminoso. Falo de Edílson, que no final do jogo literalmente deu um soco na boca de Nico Lopez, de forma dolosa e intencional, num lance que a bola já não estava em disputa. O árbitro agiu correto ao expulsar o agressor, o que causou a ira da vítima, que teve que ser contida pelos companheiros para não revidar.

Não se espera do Tribunal Disciplinar punição branda ao agressor, já tendo vários jornalistas se manifestando pela suspensão com pena máxima. Deveria este cidadão buscar outra atividade esportiva, como por exemplo, o MMA ou Box, onde com certeza poderá desferir seus golpes, mas em adversários preparados e que saberão receber e revidar as agressões.

Hoje a CONMEMBOL irá sortear os confrontos da Libertadores, podendo inclusive ocorrer GRENAL na próxima fase dos mata-matas. Independente de quem seja o adversário, tomando-se por base o jogo de ontem, pode se dizer que o Internacional está preparado, tendo o treinador Odair encontrado a escalação e forma de atuação equilibradas.

Para encerrar registro a perda na data de ontem do colorado e grande amigo WILSON KOLLING, de Almirante Tamandaré do Sul,  falecido em Passo Fundo e que por vários anos apresentou programa na Rádio Gazeta aos sábados a tarde. Aos familiares os sinceros pêsames.

Grande abraço.


(Foto: Inter)




E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais