Coluna Circulando e a política atual.

Na Funasa.

Ana Maria Leal
Dezembro 28/ 2018

Falei nesta sexta-feira com alguns petebistas a respeito da indicação do carazinhense Ronaldo Nogueira (PTB) para a presidência da Fundação Nacional da Saúde, a Funasa.

Não consegui falar com o próprio Ronaldo a tempo de postar a coluna, mas Flávio Lammel e Paulo Arsego confirmaram a informação.

Ronaldo inicialmente estava cotado para assumir como secretário do Trabalho do governo do estado do Rio Grande do Sul na gestão que Eduardo Leite (PSDB) e Ranolfo Vieira Jr (PTB) iniciam em 01 de janeiro, mas essa escolha acabou recaindo no nome da deputada estadual Regina Becker Fortunatti, petebista como Ronaldo e que como ele também não se reelegeu nas eleições deste ano.

Com a indicação para a Funasa significa que ele vai permanecer em Brasília.

A Funasa é uma fundação pública federal, vinculada ao Ministério da Saúde, com orçamento anual de R$ 1,7 bilhão, mais de 6 mil servidores e superintendências espalhadas em 27 estados com ações abrangendo o saneamento básico e saúde ambiental.

No Rio Grande do Sul está em pelo menos 300 municípios.

A foto do Circulando é de arquivo, feita em dezembro de 2016 em Brasília, quando Ronaldo estava na função de ministro do Trabalho.




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais