Coluna Circulando e a política atual.

Cleonice fica.

Ana Maria Leal
Outubro 31/ 2018

Quando um novo governo muda de mãos, é natural que mudem também os cargos de confiança.

É o que vai ocorrer com os cargos pelo estado à medida que forem tomadas as decisões da gestão de Eduardo Leite (PSDB) e Ranolfo Vieira (PTB) depois da vitória na disputa pelo Palácio Piratini.

Quanto aos cargos do governo do estado em Carazinho, porém, não deve haver alteração em pelo menos um.

A coordenação da agência do Fgtas/Sine deve permanecer com Cleonice Magalhães (PP).

Pelo que eu soube, não apenas porque o seu partido, no que diz respeito a alguns nomes, apoiou a candidatura vencedora, mas a pedido do presidente do PSDB em Carazinho, vereador João Pedro Albuquerque de Azevedo.

O que definiu essa permanência envolve outro nome: Aylton Magalhães.

É notada uma grande proximidade entre o ex-prefeito e o atual vereador. 

A propósito, a foto do Circulando é meramente ilustrativa, fiz na Gazeta em agosto deste ano, quando Cleonice e a pedetista Eloísa Dreyer se encontraram nos bastidores do programa Lado a Lado Com a Notícia. 


 



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais