Coluna dos Apaixonados pelo Colorado

Derrota do treinador

Anderson Amaral
Outubro 09/ 2018

Dizem os especialistas que em toda derrota perdem todos e nas vitórias todos ganham. Mas não é bem assim. No caso do Internacional, o péssimo resultado contra o falido Sport do Recife na última sexta feira tem um nome e responsável: Odair Helmann.  

Não que o Internacional estivesse fazendo um grande jogo, mas a troca efetuada no segundo tempo, quando o placar estava 1 x 0 foi totalmente infeliz.

O treinador substituiu Camilo por Charles, o qual entrou em campo justamente quando foi cobrado o escanteio que resultou no empate do Sport. E o pior estava por vir, quando numa jogada infeliz de Charles, o eleito do treinador, o Sport encaixou um contra ataque e obteve o segundo gol, placar que ficou até o final.

Ou seja, a troca efetuada foi decisiva no resultado, não se compreendendo a entrada de Charles, o qual estava há vários meses sem atuar, sendo colocado no segundo tempo, em jogo de importância extrema.

Não se pode com esse fato, desmerecer o trabalho do treinador, o qual vem trazendo e mantendo o Internacional nas primeiras colocações do campeonato, mas, deverá servir como lição, de que não se pode inventar, pois se a formação de time estava dando certo, se torna uma aventura desmanchar o sistema, principalmente com jogador que está no banco de reservas há muito tempo, sem ritmo de jogo.

Mesmo com este tropeço, a segunda colocação foi mantida, graças aos resultados adversos dos demais postulantes ao título, o que serve de consolo.

As críticas sofridas pelo treinador com certeza o fizeram refletir, pois deveremos no próximo jogo contra o São Paulo, utilizar a melhor formação de time possível, sem invenções, pois uma vitória nos manterá entre os 4 primeiros colocados, e com chance de colar no líder, pois o Palmeiras terá jogo difícil contra o Grêmio.

Que assim seja.

Grande abraço.



(Foto: Divulgação/Inter)




E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais