Literatura e Português

Deslizes Gramaticais III

Maria Solange
Março 12/ 2018

Atentemos para mais estes deslizes que estão diariamente em nossa vida:

18-Uso de DEMAIS (muito)  e  DE  MAIS (contrário de ''de menos'')-> Ex.: Você gastou ?demais? neste mês, por isso está precisando ''de  mais'' dinheiro.

19- Uso de ONDE (lugar fixo) e AONDE (indica movimento; usa-se com os verbos: ir, chegar, comparecer e levar) -> Ex.: Onde você colocou o material? Onde você esteve ontem? Aonde você foi ontem? Quer me levar aonde? Aonde você quer chegar com essa conversa? 

20- Uso de SENÃO (caso contrário) e SE  NÃO (caso não) -> Ex.: Fique quieto, senão vou embora. Se  não chover, irei a pé para a escola. 

21- Uso de MAS (porém) e MAIS (contrário de ''menos'') -> Ex.: Fomos a tua casa, mas não te encontramos. Ela comprou as passagens, mas não pôde ir viajar. Você tem mais amigos que eu. Você precisa estudar mais.

22- Uso de AFIM / AFINS (indica afinidade) e A FIM DE (indica finalidade) -> Ex.: Genro é um parente afim. Temos interesses afins. Estamos a fim de fazer um grande evento cultural.

23- Uso de EM  NÍVEL (hierarquia, em termos de) e A  NÍVEL (sentido de nivelamento) -> Ex.: Em nível de Brasil, verificam-se grandes diferenças regionais. O campeonato será em nível estadual. Esta cidade não fica ao nível do mar. As águas chegaram  a um nível nunca antes visto.

24- Uso de A  DISTÂNCIA (não determinada)  e  À  DISTÂNCIA (determinada) -> Ex.: Aquela universidade oferece ensino a distância. Aquela universidade fica à distância de 10 km do centro da cidade.

25- Atenção com o uso da expressão ?a partir de?! Ela não possui crase e escrita separadamente. Ex.: Estarei aqui a  partir  das 10 horas da manhã. 

26- Outro cuidado que se deve ter é com as expressões: em cima; acima; de cima. Ex.: Ele estacionou o carro mais acima. Deixei os livros em cima da mesa. O chefe chamou o empregado e olhou-o de cima.

27- Por outro lado, atenção também com: embaixo; debaixo; de baixo; abaixo. Ex.: Coloquei os sapatos embaixo da mesa. O celular estava debaixo do travesseiro. A temperatura está abaixo de dois graus negativos. Seu vocabulário é de  baixo nível.

28- Uso de PRÉ (sempre vem diante de hífen) PRE ( vem sempre sem hífen). Ambos são prefixo que significam anterioridade, que vem antes. Ex.: pré-escola; pré-vestibular; pré-natal; pré-operatório... preocupar; predestinar; pressupor; preencher...

29- Esse raciocínio vale também para o prefixo PÓS / POS. Apenas o significado se diferencia: ele quer dizer ?após, depois de?. Ex.: pós-operatório; pós-eleição; pós-modernismo... pospor; posterior; posposição...

30- Último lembrete: como somos brasileiros, devemos valorizar a nossa Língua Portuguesa, portanto, as palavras ''estresse; estande; bijuteria; xampu; drinque; uísque; toalete; champanha; vitrina; garçom; omelete; bibelô; glacê; batom...'' já foram aportuguesadas. Logo, vamos usá-las. Valeu!




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais