Nutrição e saúde

Vigorexia, o que é?

Luísa Vargas
Janeiro 15/ 2018

A vigorexia é um transtorno dismórfico corporal (quando se vê uma imagem distorcida do próprio corpo), assim como a anorexia, só que nesse caso, voltada para a questão da força. 

Os vigoréxicos se vêem fracos e pequenos, mesmo tendo desenvolvido musculatura acima da média. Por isso, acabam se tornando dependes do exercício físico e nunca se sentem fortes ou musculosos o suficiente.

Essa obsessão causa problemas físicos e estéticos, como desproporções entre o corpo e cabeça, problemas ósseos e articulares, falta de agilidade e encurtamento de músculos e tendões. 

Nesses casos algumas práticas se tornam comuns, como dietas comprometedoras e radicais, onde alguns alimentos são priorizados e consumidos em excesso (proteínas, carboidratos ou lipídios), o desordenado uso de suplementos nutricionais ou até de esteróides anabolizantes e, essas condutas, podem trazer transtornos metabólicos afetando especialmente os rins, a taxa de glicemia e o colesterol.

Dificilmente os vigoréxicos procuram ajuda, primeiro porque não têm consciência de seu problema e, principalmente, porque o tratamento geralmente ocasiona perda da massa muscular e caso haja uso de esteróides anabolizantes, sua interrupção deve ser feita imediatamente.

O tratamento da vigorexia deve ser feito através de acompanhamento psicológico, médico e nutricional. 

É necessário que o indivíduo se reconheça e enxergue os padrões distorcidos, assim como a recuperação da saúde através de uma alimentação balanceada e extremamente calculada sob suas necessidades individuais, e se necessário, o uso de medicamentos.


(Foto: Divulgação)




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais