Leitura e Literatura

Viajar pela leitura

Maria Solange
Novembro 20/ 2017

Segundo a poetisa Clarice Pacheco:

                               ''Viajar pela leitura sem rumo, sem intenção.

                                Só para viver a aventura que é ter um livro nas mãos.

                                É uma pena que só saiba disso  quem gosta de ler.

                                Experimente! Assim sem compromisso, você vai me entender.

                                               Mergulhe de cabeça na imaginação!''


Continuando a reflexão, de acordo com o escritor gaúcho Charles Kiefer em seu livro ''Caminhando na chuva'':  ''LER é importante, porque nos humaniza, nos emociona e nos comove. Quem tem coragem de chorar é porque está vivo, porque pulsa, porque vibra. Quem sabe chorar também sabe explodir de alegria. O pior homem do mundo é o indiferente, porque o seu coração é um deserto e, no deserto, não nascem flores''.

E ainda citando a escritora Lya Luft: ''O que há nos livros que os torna tão importantes''. Experiências impossíveis no cotidiano, viagens, aulas de psicologia, de história, sensibilidade e emoção, aventura, diversão e crescimento pessoal. Fazer parte de um mundo bem maior do que o nosso cotidiano. Não importa se for uma leitura num tablet ou computador ou mesmo no velho livro de papel...'' 

O que eu quero dizer a vocês com essas citações de autores sobre a questão da leitura é algo tão simples, tão corriqueiro, mas tão importante que quis usar os argumentos de escritores de renome para mostrar que temos que LER mais...mais...mais... e incentivar os nossos filhos, netos, amigos, parentes que só entenderemos o que está acontecendo à nossa volta se lermos um pouco de tudo, desde livros, jornais, revistas, poesia, contos, crônicas, letras de música até receitas culinárias e bulas de remédio. Mas quando eu falo LER, é LER com atenção, entender o que está escrito ou não. Porque, muitas vezes, as ideias vêm nas entrelinhas ou nas imagens com as quais nos deparamos.

Além disso, há a questão de que quem lê torna-se uma pessoa diferente, sensível, humana, capaz de entender o que se passa com o outro e colocar-se em seu lugar. Precisamos ser mais empáticos para podermos transformar este mundo para melhor. E um livro que quero indicar a sua leitura para entender melhor o que eu quero dizer é ''BASTA!'' do autor Mário Sérgio Cortella. Leiam e viajem nas reflexões que este sábio escritor faz em nome da Educação, Convivência e Ética.




Compartilhe esta coluna em suas redes sociais