Coluna Circulando e a política em Carazinho.

Climão.

Ana Maria Leal
Novembro 13/ 2017

Não é visto com naturalidade pelo presidente do PDT em Carazinho o fato de que um dos vereadores do partido vai apoiar, nas eleições do ano que vem, um pré-candidato de outro partido.

Ao participar do Lado a Lado com a Notícia desta segunda-feira (13) Acácio Souza respondeu sobre a situação vivenciada em Carazinho, de que um dos vereadores pedetistas, Anselmo Britzke (Gauchinho) vai trabalhar para o petebista Flávio Lammel.

Acácio não acredita que outros pedetistas sigam esse exemplo:

''_ Aquele pedetista mesmo não vai apoiar. O Lammel é meu particular amigo, mas não é mais PDT, ele está no PTB hoje, e num colegiado com quase 50 mil eleitores jamais podemos botar um candidato de outro partido. Se o Flavio estivesse no PDT apoiaríamos, e já disse isso a ele''.

Chegou a dizer que perdeu o filiado atraído pelo cargo obtido na bancada do PTB na Assembleia Legislativa.

Apesar da resposta Acácio não quis especular sobre a posição assumida pelo vereador.

Disse que não era o momento.

Acácio veio ao programa falar do trabalho interno que está fazendo para que o partido não fique sem um nome familiar a Carazinho para concorrer a deputado estadual no ano que vem. 

Precisam de alguém para colocar no lugar que até então era de Lammel. 





Compartilhe esta coluna em suas redes sociais