Coluna do Imortal de Gremista para Gremista

A vitória inusitada do Grêmio

Agostini Nicolini
Outubro 16/ 2017

Acompanho futebol há muitos anos e sei aprendi que aquilo que acontece a favor de um time hoje, amanhã acontecerá contra. Se em algum jogo, o time perdeu no último minuto, uma outra situação virá na sequência bem ao contrário. Assim se explica a vitória inusitada do Grêmio sobre o Coritiba. Talvez nem o empate seria justo para o confronto. O Coritiba foi melhor (não muito melhor), mas quem ganhou foi o Grêmio. Coisas do futebol. Vou relembrar de apenas duas situações recentes em que o Grêmio perdeu sem merecer: contra o Bahia em Salvador (derrotado no último minuto) e contra o Cruzeiro na Arena (mineiros ganharam através de um único lance que criaram na partida, onde o Grêmio teve as melhores chances). Vitórias assim não devem ser discutidas como aconteceram. Mas a performance do time precisa sim ser analisada. 

OS MESMOS PROBLEMAS DE UM MÊS ATRÁS

Pelo desempenho no jogo todo, evidentemente que o Grêmio não merecia ganhar. O Grêmio no campeonato brasileiro tem sido um time de atuações lamentáveis e que deixa poucas esperanças ao torcedor. Diria que o Grêmio se repetiu contra o Coritiba, ou talvez, piorou em relação a si próprio e as suas últimas partidas no Brasileirão. A causa tem sido apontada como sendo a falta de um articulador. E isso não é mentira. A ausência de Luan e Pedro Rocha e do próprio volante Michel, mexeu muito no meio de campo gremista e o time parece que perdeu o rumo. Em princípio a volta do Luan tende a melhorar em muito esse trabalho de transição do meio para o ataque. Mesmo assim não se sabe em que condições ele voltará, afinal faz quase dois meses que ele está ausente do time. Nós torcedores nos perguntamos: Luan terá ritmo de jogo quando voltar ? E o período de inatividade dele não comprometeu o entrosamento com o restante do time ? Ou seja, a volta tão solicitada também é um dilema para o time do Grêmio. E se o Michel não voltar para o confronto contra o Barcelona, o que parece muito provável, quem será seu substituto ? Renato tem um pouco mais de uma semana para resolver os problemas do time. Mas isso, também se dizia quando faltavam mais de trinta dias para o jogo contra o Barcelona. Ao que se vê, os problemas de hoje continuam sendo os mesmos de um mês atrás, para não dizer que aumentaram. 

GRÊMIO VAI ESTAR NA FINAL DA LIBERTADORES

Só a volta de Luan e outros que estão fora por lesão, não irá resolver os problemas do Grêmio. Além destes jogadores, o Grêmio precisa, principalmente, retomar o espírito copeiro. Por que o Grêmio encantou o Brasil no primeiro semestre ? Porque jogava certinho e atuava com a mesma vontade em todos os jogos. Para mim, a falta de vontade e pegada foram as causas principais da instabilidade gremista. Mesmo na grande fase que o Grêmio viveu este ano, todos nós sabíamos que não tínhamos um time excepcional, porém que jogava com seriedade e vontade. Um time que marcava muito; não dava espaços para o adversário e tinha vocação para a vitória, independentemente onde jogava. E mesmo desfalcado de jogadores importantes o time ganhava e quem entrava no time dava conta do recado. Assim, além da volta do Luan e outros, se o Grêmio tiver garra, determinação e sede de vitórias, vai chegar a final da Libertadores e com grande chance de conquista. Me atrevo a dizer: o Grêmio será muito diferente na Libertadores em relação ao time apático que tem preocupado e deixado dúvidas. Digo mais: o Grêmio disputará a final da Libertadores. 

O JOGO DERRADEIRO

Mas antes do primeiro jogo pelas semifinais da Libertadores, o Grêmio ainda tem duas partidas pelo Brasileirão. Luan voltará ao time para adquirir ritmo já nesta quarta-feira contra o líder Corinthians em São Paulo. Talvez o jogo derradeiro para quem ainda acredita no Grêmio campeão brasileiro. Eu já joguei a toalha faz tempo, mas respeito quem ainda acredita. Se vencer o Corinthians em São Paulo, algo que não é impossível, o Grêmio poderá diminuir para seis pontos a diferença. Matematicamente será uma diferença possível de ser eliminada em nove jogos que estarão faltando. Mas com tanta rateada que o Grêmio deu na competição, como perder em casa para Avaí e Chapecoense, conseguirá recuperar o terreno perdido na reta final ? Se isso acontecer, pelo menos o campeonato poderá ganhar em emoção nos jogos finais. Porém se o Grêmio chegar a decisão da Libertadores, aí devemos esquecer o brasileirão, pois das datas decisivas dos dois campeonatos estarão juntas. De qualquer maneira, vamos Grêmio. Pra cima do Corinthians. Vamos devolver a derrota em casa no primeiro turno e vamos botar fogo na competição.

A PROPÓSITO ...

Será que o técnico Renato não estaria escondendo o jogo do Grêmio para não chamar a atenção ? Boa meditação.      



(Foto: Divulgação/ Grêmio)


Compartilhe esta coluna em suas redes sociais