Coluna Literatura e Português

Como andam os porquês da vida?

Maria Solange
Setembro 18/ 2017

Quando se fala em estudo dos porquês, os alunos sempre questionam: por que tanto porquê, professora? E aí eu respondo: eles são muito importantes, pois em nossa vida há até uma fase chamada de a Fase dos Porquês, que é aquela em que a criança quer saber tudo e mais o motivo desse tudo. Por isso, vamos revisar quando se usam os diferentes porquês.

             PORQUE -> quando queremos dar uma resposta, explicação ou justificativa. Geralmente ele vem depois de uma vírgula no meio da frase. Mas pode vir no início da frase. Quando isso ocorrer, a próxima oração vem depois da vírgula. 

              Ex.: As pessoas não cuidam do meio ambiente, porque ainda não se conscientizaram da sua importância. Os garotos não responderam às questões, porque não tinham estudado. Porque perdeu a hora, não foi à aula.

             PORQUÊ(S) -> quando equivale a um substantivo, ou seja, vier antecedido por um artigo, um pronome, um numeral ou uma preposição.

            Ex.:  Até agora não descobri o porquê de ele ter agido daquela maneira. Esse porquê que você usou está errado. Faça um texto usando cinco porquês. Nossa vida está repleta de porquês sem respostas.

           POR  QUE -> usa-se em três situações: a) quando iniciar uma interrogação; b) quando der para subentender a palavra  ''motivo''; c) quando for substituível por ''pelo qual''.

           Ex.: Quando ele te ofendeu, por que tu ficaste quieto? Eu ainda não sei por que (motivo) tomaram essa decisão. Este é o caminho por que (pelo qual) passo todos os dias.

           POR  QUÊ -> usa-se em final de frase interrogativa e em final de frase declarativa sem o uso do artigo. 

           Ex.: Vocês gostaram do livro que leram, por quê? Tudo estava dando errado, mas eu não soube explicar por quê. Ele não compareceu à reunião nem explicou o porquê.

          *Atenção! Há situações em que, embora a frase seja interrogativa, o porquê usado é junto e sem acento. Ex.: Você não veio porque perdeu a hora ou porque não quis? Nesse caso, usa-se essa forma, porque ao fazer a pergunta, já se está dando opções de resposta.

           *Observem outros exemplos do uso dos diferentes porquês:

         -> Estou cansada, porque trabalho o dia inteiro. Além disso, não gosto de shows ao vivo e todos sabem o porquê.

           ->Marcelo e Carolina namoraram durante três anos e estavam juntos, porque se amavam. Por que agora, depois de tanto tempo, ela resolvera romper o relacionamento? Estaria ela infeliz? Por quê? Na verdade, ele nunca entenderá o porquê da atitude da namorada.

       ->Por que você não resolveu todas as questões da prova? Creio que é porque você não sabe o porquê das regras.

         ->A razão  por que  se premiou Pamuk é clara, mas sempre haverá quem pergunte  por que não foi outro o premiado. 


Compartilhe esta coluna em suas redes sociais