"Esperamos que este último final de semana se repita até o final do ano"

Consolidação da Liderança

Anderson Amaral
Agosto 28/ 2017

Sexta-feira 25 de agosto. Data para não esquecer neste ano. Pois foi num dia com pouca tradição do futebol, que o Internacional alcançou a 1ª colocação na Série B.

Foram 19 jogos no primeiro turno e 3 no segundo, após muitos tropeços, incertezas e até temor da Série C. Mas, como sempre em nossas conquistas, saímos de um túnel escuro para avistarmos um luz brilhando, embebidos na esperança do retorno a Série A e, porque não, com mais um título, este nunca pretendido até o ano passado. 

Teremos ainda 16 rodadas até o final do campeonato e segundo o matemáticos,  7 vitórias nos colocarão na Série A. Difícil ? Logicamente que sim, mas de forma alguma impossível, até porque as últimas atuações caso persistam, nos manterão nas primeiras colocações.

Após 22 rodadas somos o time com maior número de gols feitos (34) e somos o segundo time com menos gols sofridos (16), mas com o maior saldo de gols (18). Liderança incontestável e merecida.

Números estes que não podem ser vistos como novidade, porque somos o time que mais investiu em contratações e que tem a maior folha de pagamento da Série B, suplantando vários times da Série A. 

De qualquer forma, os comandados de Guto Ferreira não podem festejar antecipadamente, pois m 16 jogos muita coisa pode acontecer, devendo se manter a pegada dos últimos 6 jogos, sem repetir aquelas frustrantes atuações dos primeiros 14 jogos da primeira fase.

Antes do próximo jogo contra o Juventude, enfrentaremos o Atlético Mineiro na Primeira Liga, competição que não leva nada a lugar nenhum. Ao que se sabe, serão preservados alguns titulares dando oportunidade para jogadores que estão pedindo passagem no banco de reservas, como Camilo e Charles.

Esperamos que este último final de semana se repita até o final do ano, ao contrário de vários que passamos com a angústia de vermos um time impotente, que tornavam os churrascos de Domingo sem graça e nada dava certo, pois o carvão não queimava, a carne era dura, a maionese desandava  e a cerveja estava quente.

Ao contrário de várias profecias, que classificam o mês de agosto como azarento, no futebol os colorados tem muito a comemorar, esperando que os últimos três meses de futebol do ano, se tornem como a consolidação da vaga para a Primeira Divisão, adentrando no ano de 2018 almejando títulos a nível estadual e internacional.

Que venha a primavera.

Grande Abraço. 






E-mail:
Compartilhe esta coluna em suas redes sociais