Coluna Imortal, de Gremista para Gremista

Um Grêmio mobilizado

Agostini Nicolini
Maio 12/ 2017

Na verdade, a palavra mobilização nem deveria ser ressaltada entre os grandes clubes brasileiros. Pela estrutura que dispõem e também pelos altos salários, os jogadores têm a obrigação de sempre estarem mobilizados. Porém não é o que se vê na realidade, a ponto do Grêmio ter feito reunião de remobilização de seu elenco visando o início do campeonato brasileiro e os mata-matas da Copa do Brasil e Libertadores. De qualquer maneira, está certa a direção do Grêmio ao exigir que o grupo de jogadores encarem da melhor maneira possível a maratona de jogos, prevista para este mês de maio. Ou seja, o torcedor espera um Grêmio mobilizado já a partir deste domingo contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro.

CHANCE DE CONQUISTAS

O campeonato brasileiro começa para o Grêmio, mas certamente essa não é a competição prioritária do clube. Até pode virar prioridade, mas por enquanto o Grêmio pensa mais na Libertadores e na Copa do Brasil. Por serem competições mais curtas e de mata-matas, aparentemente o Grêmio pode apresentar mais chances de conquistas do que o campeonato brasileiro de pontos corridos, onde a quantidade do elenco faz a diferença. Mesmo com um grupo qualificado, o Grêmio não parece aparelhado suficiente para buscar o primeiro lugar numa competição de 38 rodadas. Até pode vir a ser campeão no brasileirão, mas essa não é tendência. É só ver o exemplo de todos os campeões até hoje. Além da qualidade, os times vencedores tinham opções de sobra no elenco. Infelizmente o Grêmio ainda não está neste estágio.  

SEMPRE COM SERIEDADE

A nós torcedores gremistas cabe a missão de acreditarmos mesmo que a tendência possa ser outra. Infelizmente nos últimos anos o Grêmio sempre iniciou o campeonato brasileiro tendo outra prioridade inicial e por isso, talvez, não tenha logrado êxito. Sempre nas primeiras rodadas houve a utilização de time misto ou reserva, que colecionaram resultados negativos, e que comprometeram voos maiores ao final da competição. Ao menos contra o Botafogo, na estreia neste domingo, ninguém será poupado e isso pode ser um indício que a meta gremista tende a ser diferente este ano e no final poderá ter um outro desfecho. Encarar qualquer competição sempre com seriedade, pode não render título no final, mas certamente poderá motivar o torcedor. É tudo o que nós gremistas esperamos do nosso Grêmio, já a partir de domingo.


Mesmo que o Grêmio vá com o que tem de melhor contra o Botafogo, ainda assim não será o time titular ideal. Edilson, há alguns jogos fora por lesão, continuará sem atuar porque está suspenso por incidente ainda no campeonato do ano passado. Léo Moura continuará na lateral direita. No meio de campo, Maicon é outra ausência confirmada, assim como Miller Bolaños. É neste setor que o técnico Renato terá que usar de sua engenharia para escalar os jogadores certos. Ramiro é o único certo. Os outros postulantes são: Arthur, Michel, Gastón Fernández, Luan e Pedro Rocha. E na frente a certeza: Lucas Barrios está confirmado. Se o time tiver mesmo o espirito de mobilização, dá pra começar o campeonato com vitória. Caso contrário, será mais uma competição em que o time pode começar de forma nada empolgadora. 

A PROPÓSITO ...

Sem futebol aos domingos, até o final do ano, o que os colorados farão para se ocupar ? Lembrando que o Grêmio é o único time gaúcho na Série A. 


(Foto Lucas Uebel: site do Grêmio.





Compartilhe esta coluna em suas redes sociais