Coluna Circulando e a política atual.

Nomes.

Ana Maria Leal
Setembro 18/ 2019

Enquanto falam sobre as possíveis majoritárias em Carazinho que podem ser apresentadas aos eleitores no ano que vem, surgem também nomes ''das antigas'' como foi o termo usado recentemente por uma pessoa com quem conversei para listar políticos que já ocuparam cargos eletivos no passado e estariam reaparecendo.

Entre eles, o nome desses quatro:

Felipe Sálvia, que foi vereador por 6 mandatos, atualmente no PSB, mas que segundo os rumores muda de partido, pois o PSB estaria tendo novamente problemas para regularizar sua situação o que pode prejudicar a sigla para concorrer no ano que vem.

Não sei se é realmente assim a questão do PSB, pois tentei contato com Felipe, mas não me retornou.  Dizem que pretende concorrer novamente a vereador.

Leandro Adams, ex-vereador petista, concorreu a prefeito em 2012, quando a vitória foi do adversário Renato Suss. Depois disso, Leandro está afastado da política. Até agora, quando seu nome começa a ser mencionado novamente pelo próprio PT, como fez o presidente Paulo Schettert dias atrás.

O PT cogita que concorra novamente a prefeito.

Paulo Silva, ex-vereador que legislava pelo PTB em 2007 quando teve o mandato cassado pelo poder judiciário, mas já expirou o prazo em que estaria inelegível conforme a condenação e está liberado para concorrer em 2020.

José Luiz Espanhol, ex-prefeito pedetista afastado de candidaturas desde que encerrou o mandato em 1992, mas presente em cada uma das campanhas do PDT desde então.

Há tempo não o vejo. Da última vez que conversamos disse que estava dedicado à vida no campo e sendo office boy dos filhos, os médicos Rafael e Luiz Gustavo.

Tem partidos conversando bastante com políticos atualmente fora dos holofotes para a composição de alianças que surjam como alternativas daqui a um ano.

Não só com esses, mas com outros nomes que já foram eleitos no passado.



Compartilhe esta coluna em suas redes sociais